15.º Domingo Comum – 12 de julho de 2020

S. Mateus 13,1-9.18-23

A parábola do Semeador. O título já diz tudo: a parábola e’ do semeador. A semente, bem como o terreno também pertencem ao semeador. Assim sendo, a semeadura e a colheita dos frutos também são resultantes da ação do semeador. Pois tudo inicia com o semeador, e da sua mão e’ que resulta o trigo para o pão de cada dia. E’ a partir do semeador que explica-se a parábola. A tenacidade, generosidade, e o propósito do semeador são claramente expostos na estória. Tenacidade, pela intensa vontade e resistência com que se opõem de frente, quando submetido aos extremos obstáculos. Tenaz em obter o fruto do seu esforço, o semeador levanta cedo, a despeito da locusta, dos pássaros, do sol palestino, da pouca chuva, ou de qualquer impossibilidade.

A generosidade do semeador e’ uma qualidade que permeia toda a parábola. A semente tao preciosa, tao frágil, pequena e cheia de potencial e’ jogada por todos os lados. O solo foi cuidadosamente preparado para a semeadura, mas o semeador vai além da cerca, dos limites do próprio terreno e além da razão. Ele lança semente no ar, entre as pedras, espinhos, e ate os pássaros se beneficiam do generoso desperdício deste semeador irracional e incógnito. A narrativa não traz seu nome nem sua origem, mas sabemos que ele não calcula seu generoso desperdício.

O propósito deste semeador, e’ mostrado no final da estória. A produtividade resultante deste generoso desperdício e’ que houve 100%, 60% e ate mesmo 30%. Claro que houve perdas: o terreno endurecido, falta de enraizamento, falta de maturidade, falta de produtividade, mas nada disso detém o semeador. Tanto a semente, como o semeador são inculpáveis. Portanto vale a pena colaborar ao lado deste semeador, pois sabe ele bem a qualidade e potencial da semente, tanto que ele aposta a própria vida na semeadura, ele mesmo esta pronto se necessário, vir a ser semente, descer ao solo, espalhar raízes, para apresentar vitorioso o fruto do seu trabalho.

Abilene Fisher, Presbítera

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *